Bancos digitais, gateways e fintechs: entenda como cresce a digitalização do setor financeiro.

Presente na vida de muitas pessoas, as inovações tecnológicas impactam em diversas indústrias. E uma delas é o setor financeiro, responsável por ferramentas que tem mudado a maneira como os clientes se relacionam com seus bancos e suas finanças. Nunca antes foi tão fácil fazer pagamentos e transações sem dinheiro vivo por meio das plataformas digitais. O tráfego de operações bancárias feitas por celular cresce, assim como o número de novos usuários inscritos em sistemas de internet banking.


Estamos cada vez mais conectados também quando o assunto é dinheiro?


Uma das consequências da pandemia foi justamente a maior procura pelos canais digitais das instituições financeiras. Isso se aplica aos bancos e startups, que, mais do que nunca, estão usando a tecnologia como resposta para gerar resultados. Além disso, a chegada dos pagamentos instantâneos, com o lançamento do PIX, sistema do Banco Central, acentua ainda mais esse comportamento. Clique aqui para saber mais sobre o PIX.


A migração para o mundo digital é mais visível na indústria de pagamentos. Embora alguns especialistas tenham observado que, diante da crise, tenha aumentado a quantidade de dinheiro vivo guardado pelas pessoas, o ritmo de circulação das cédulas vem caindo. Em contrapartida, os pagamentos com cartão não param de subir. Muito disso se deve ao crescimento das compras pela internet, impulsionando cada vez mais o e-commerce.


Uma pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) revelou que as transações digitais tiveram crescimento de 74% no mês de abril deste ano. De acordo com o estudo, os investimentos em tecnologia cresceram 48% em 2019 e esse movimento deve continuar a aumentar conforme mais pessoas passam a movimentar suas contas e investimentos por meio de dispositivos móveis ou pelo computador.


Saiba mais sobre alguns dos serviços que mais vem crescendo:


Banco digital


Os bancos digitais dispensam a necessidade do cliente em uma agência bancária. Eles oferecem os mesmos serviços de conta corrente que os tradicionais. Porém, por não terem custos de agências como os bancos tradicionais, suas taxas administrativas são menores e mais atraentes. Eles surgiram pela necessidade de desburocratizar os processos dos grandes bancos, com foco na experiência, segurança, transparência e agilidade. Além disso, também possibilitam a inclusão bancária de milhões de pessoas por viabilizar a utilização simplificada do dinheiro.


Gateways


Um gateway de pagamento funciona como uma integração de uma loja na internet, por exemplo, com todos os meios de pagamentos. Isto é: com as bandeiras de cartão de crédito e débito e com bancos, para fazer a emissão de boletos bancários ou depósitos em conta, entre outros agentes financeiros.


Fintechs


Também chamada de startups financeiras. São modelos de negócio inovadores no mercado financeiro. Elas oferecem soluções alternativas ou complementares às instituições financeiras, com o objetivo de solucionar alguns dos problemas mais presentes no segmento, como a burocracia ou os juros. Esse movimento com a chegada das fintechs representou ao mercado financeiro, até antes dominado por grandes corporações que não tinham incentivo para a melhoria, começa a ser agitado por novos competidores.


E toda essa autonomia financeira que vem crescendo ao longo dos últimos anos permite uma alternativa para quem busca novas soluções e experiências na hora de movimentar o dinheiro obtido com prêmios de incentivo. A Cash.in, startup 100% digital, otimiza a entrega de valores em prêmios entre empresas e colaboradores.


A plataforma criou uma solução onde executivos gerenciam valores, permitindo que as transações sejam feitas de forma rápida e eficiente, reduzindo gastos de energia, tempo e dinheiro e eliminando processos físicos e em papel. Para os colaboradores, oferece autonomia e liberdade de uso dos seus créditos e prêmios, além de ser intuitiva e fácil de navegar.


Quer saber mais informações do mundo das finanças como essa? Então, acompanhe os conteúdos da Cash In e fique por dentro de tudo!


Clique aqui para ser .In