A motivação do seu time para a continuidade dos negócios após a pandemia do coronavírus

Atualizado: Jun 10



*Por Nani Gordon


Há quem diga que nós não seremos os mesmos após o surto de Covid-19. Sem entrar no mérito religioso ou até espiritual dessa questão, é certo que as empresas terão de se adaptar a um novo cenário pós-pandemia. Como os países que passaram por guerras, uma pandemia deixa rastros emocionais e econômicos imensuráveis.


Em meio a tantas notícias de difícil digestão, algumas histórias de compaixão e senso de compromisso social trazem um “respirar fundo” mesmo no caos, como se essas histórias mostrassem que sim, juntos, nós vamos sair dessa. O vírus não distingue classe social, raça, gênero, cor, nada. De fato, estamos todos no mesmo barco, navegando em um mar aberto, sem destino, esperando a maré dizer para onde devemos ir.


E quando atracarmos? Como será? Há um medo claro em relação ao futuro principalmente das empresas menores, dos autônomos e até mesmo das startups. Mas independentemente do porte da sua organização, uma coisa é certa: você vai precisar (muito) do seu time, de comprometimento e disposição para enfrentarmos o que está por vir.


Mais do que nunca, a área de Recursos Humanos está sendo requisitada para planejar como podemos colocar a casa em ordem. E essa é sem dúvida uma área que precisa se readaptar urgentemente, principalmente porque o colaborador precisará ser motivado na volta ao trabalho e as empresas, por sua vez, precisarão recuperar suas vendas. Nesse novo cenário, os pacotes de incentivo e benefícios que existem apenas para cumprir tabela estão com os dias contados. E a palavra “motivação” faz todo sentido após uma pandemia, desde que realmente engaje o seu time e garanta autonomia e transparência na escolha de benefícios.


Se os programas de incentivo totalmente inflexíveis já estavam com os dias contados, agora então não há mais como tapar o sol com uma peneira. É hora de pensarmos no impulsionamento da economia e, mais do que isso, no sentimento das pessoas. Na Cash.in, oferecemos uma plataforma onde os seus colaboradores têm liberdade para escolher o melhor para eles, o que contempla inclusive a possibilidade de receber o salário pela plataforma e, sem o intermédio de bancos tradicionais ou o uso de cartões de crédito, pagar contas, fazer compras online em lojas de seu interesse, ou mesmo poupar o dinheiro para uma compra maior. Isso com segurança, autonomia e transparência.


Plataformas como essa levam as organizações a um novo panorama que estará mais claro ainda após essa pandemia. Permitir que o seu colaborador escolha a forma como receberá o seu benefício com certeza trará motivação e tornará o seu time mais feliz, pronto para buscar mares mais calmos e mais sólidos.


*Diariamente criando estratégias de Produto, Tecnologia e Branding, Nani Gordon é uma das sócias-fundadoras da Cash.in. Apaixonada por construir para o consumidor, pensa, repensa e estuda cada ação e detalhe do produto. Toda comunicação passa pela sua mesa e é orientada para melhor atender e dialogar com os usuários da plataforma.

29 visualizações